O chapéu para cada ocasião: se liga no guia que te ajudará a encontrar o modelo perfeito

Falem o que quiser, chapéus são o máximo! Um dos poucos acessórios adotados pelo universo masculino, o chapéu tem o poder de dar um ar muito mais descolado, e chamar a atenção para você na medida certa e se você ainda não tem um, não sabe o que está perdendo. Agora, para deixar todas as suas dúvidas de lado, o Virgula Macho fez um resumão aqui dos tipos mais comuns de chapéu para que você possa escolher o seu sem medo de errar.

Panamá:

Apesar de ter o nome de Panamá, esse tipo de chapéu foi criado no Equador. Originalmente feito de palha clara (apesar de hoje em dia poder ser encontrado em outros materiais da mesma cor) ele é ótimo para os dias quentes, pois não deixa a cabeça esquentar, enquanto também a protege dos raios solares.

De aba larga, ele comumente vem com o laço em preto ou marrom.

Fedora:

Com certeza você já ouviu falar nesse (mas saiba que nem todos os que se apresentam como Fedora, realmente o são). Feito de filtro de feltro, ele tem as abas largas e retas (viu, já pode descartar alguns que você achava que eram Fedora) e geralmente aparecem nas cores cinza, preto ou marrom.

Também conhecido como Borsalino (marca italiana que criou o modelo), esse chapéu é ótimo para dias mais frios. Atualmente podemos ver alguns deles que não são feitos de feltro, mas sim de couro, veludo e até algodão.

Trilby:

Aqui está um dos que mais passam por Fedora, mas não o são. Apesar de serem um pouco parecidos, o Trilby pode ser reconhecido por ter a aba mais curta. Lembra daquele modelo que bombou nos anos 90? Trilby.

Ele também é feito tradicionalmente em feltro, mas aparece em tantos materiais diferentes, como couro, palha, sarja, lona e veludo, que não tem mais o material que é feito como uma característica determinante.

Homburg:

E aqui está o outro modelo que várias pessoas pensam ser Fedora. Com a aba um pouquinho menor e virada nas pontas e com um leve afundamento no topo, esse é um modelo que pode ser usado em ocasiões mais formais (nesse quesito perde apenas para a nossa querida cartola, que não vai aparecer no post).

Bastante popular no Reino Unido, a gente pode ver esse modelo bastante em séries britânicas como Sherlock e Downton Abbey.

Porky Pie:

Esse aqui era super popular nos anos 20 (época em que aparecia em palha), mas voltou recentemente em feltro (e às vezes couro ou lona) por causa do personagem Walter White, da série Breaking Bad.

Ele aparece principalmente em tons mais sóbrios, como preto, cinza, marrom e verde musgo, mas eventualmente você pode achar modelos com cores vibrantes. Ele é conhecido por ser menor e com as abas curtas.

Coco:

Lembra daquele modelo de chapéu que ficou super conhecido graças a Carlitos, alterego de Charles Chaplin? Sim, o chapéu coco pode ser usado hoje em dia sem aquele ar de filme antigo, basta você combiná-lo com roupas mais modernas e casuais.

Ele também é feito de feltro, e encontrado especialmente na cor preta. Suas características, é claro, são o formato arredondado e as abas curtas e viradas para dentro.

Se interessou e tá pronto pra comprar um pra sair ostentando por esse mundão? Se liga só nos modelos que a gente separou para você na galeria abaixo!

Veja no site

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s