Kesha faz do palco uma festa muito louca e revela sua dúvida: como é o pênis brasileiro?

A cantora norte-americana Kesha veio ao Brasil pronta pra virar a página, depois de um ano bastante conturbado que culminou no processo contra seu produtor, Dr. Luke, acusando-o de estupro, agressão física e emocional. Sim, 2014 não foi fácil pra loira, mas se 2015 tiver o mesmo clima que o show que ela fez em São Paulo nesse 25 de janeiro (que, por sinal, é aniversário da cidade), ela não tem com que se preocupar! Engraçado, divertido e muito louco, a impressão que ficou para o público foi a de que estava acontecendo uma festa em pleno palco, e foi impossível não se deixar contaminar.

Antes mesmo de a cantora dar o ar da graça ao som de Warrior, single do álbum homônimo, de 2012, um vídeo pra lá de psicodélico já deu aquela dica sobre o que os fãs podiam esperar da apresentação. E como em toda boa festa, não faltaram os hits de sucesso que colocaram todo mundo pra dançar, como We R Who We R, Blow, Timber e, é claro, Tik Tok. A maior parte do show foi marcada por coreografias bem feitas, em que Kesha sensualizou com os músicos, os dançarinos e bateu muito cabelo, mas, para a surpresa de geral, ela também mostrou seus talentos como instrumentista e tocou guitarra durante uma das músicas.

Apesar de as músicas serem super pra cima e não deixarem ninguém parado, alguns dos melhores momentos do show não as envolviam diretamente, como é o caso da interação da cantora com a plateia. Atitudes como comer chantili e cuspir no público, mandar um bom e claro “fuck you” para o seu produtor (na verdade ela não trabalhou com nomes, mas deu pra todo mundo entender o recado) e chamar um fã que estava fazendo aniversário para o palco durante Take It Off, pra mais uma boa dose de sensualização ficaram marcadas na cabeça de quem estava presente no show. Mas nada supera o momento em que, no meio de Blah Blah Blah, ela solta um “Me mostrem como é o pênis brasileiro”, que deixou todo mundo com uma cara de “Whaaaat?“.

Outra pérola da apresentação, que foi por si só um show a parte, foi a participação dos dançarinos (engraçadíssimos, by the way): naquele super estilo “não vamos levar nada (nem a nós mesmos) muito a sério, eles jogavam a Kesha de um lado para o outro do palco, a perseguiam com facas e faziam dancinhas bobas e divertidas. Ainda por cima, tudo isso era feito com figurinos ímpar como fantasias de guerreiros com espadas; lenhadores com os seus machados; perucas e roupas “de mulher”; ou ainda, cabeças de animais, como tigres e coelhos.

A produção do espetáculo contava com muita fumaça; muito papel picado; vídeos de fundo (que iam desde os mais psicodélicos durante as apresentação, até os com imagens da cantora, nos momentos das trocas de roupa); cenários legais (como o de Take It Off, que remetia a uma entrada de boate de stiptease); baleias, golfinhos e hipopótamos infláveis; duas bandeiras de arco-íris, que faziam campanha a favor dos direitos dos homossexuais; e até mesmo uma pinhata para os dançarinos estourarem. Isso tudo acabava deixando que o clima party hard ficasse ainda mais aflorado. Balanço final: uma boa pedida pra quem gosta de festejar e estava querendo dançar enlouquecidamente a noite toda.

Veja no site

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s